in

PM suspeito de disparo que matou menina de 5 anos é preso; mãe desabafa: ‘Acabaram com minha vida’

Caso foi registrado na manhã desta terça-feira (02), em comunidade situada em Niterói (RJ).

Revista Fórum

Suspeito de ser autor do disparo que matou a menina Ana Clara Machado, de 5 anos, nesta terça-feira (02), em Niterói, um cabo da PM foi preso na manhã de hoje (3), acusado de homicídio com dolo eventual, quando se assume a responsabilidade de matar. O nome do agente, no entanto, não foi revelado pelas autoridades.

Publicidade

O homem prestou depoimento na Delegacia de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), local onde o caso está sendo investigado, e na sequência foi conduzido para o Batalhão Especial Prisional. Segundo o delegado responsável pelo caso, o cabo não confessou a autoria do disparo. Contudo, testemunhas e provas contradizem o que foi dito pelo agente no depoimento. 

A criança de 5 anos brincava com o irmão de frente a casa da família na comunidade Monan Pequeno, quando acabou sendo alvejada.

Publicidade

Acusação e desabafo

Em entrevista ao G1, a mãe de Ana Clara, Cristiane Gomes da Silva acusa o policial militar de ser autor do disparo que ceifou a vida de sua filha. Abalada, a mulher disse que precisou implorar por socorro após a criança ser atingida. Segundo ela, um dos policiais que acompanhavam este cabo na operação disse que ele tinha “feito besteira”.

Publicidade

“Ele pegou minha filha de qualquer jeito, botamos dentro da viatura. Eu falei para eles ‘vocês mataram a minha filha, acabaram com a minha vida’. Eles acabaram com a vida da minha filha de 5 anos”, disse a mãe de Ana Clara.

Publicidade

Posicionamento da PM

 Horas depois da ocorrência, a Polícia Militar informou que uma equipe fazia patrulhamento na região, quando teria sido surpreendida por cinco suspeitos, que efetuaram disparos. Houve o revide por parte dos agentes, e fuga dos criminosos na região mais alta da comunidade situada no bairro de Pendotiba.

Publicidade
Publicidade