in

Filhos gêmeos de mulher assassinada pelo marido por conta de futebol não sabem da morte da mãe; caso comove

Caso aconteceu no último domingo (31) na Zona Norte de São Paulo; caso tem gerado grande revolta.

Marie Claire | Divulgação

Um caso bárbaro de assassinato foi registrado no último domingo (31), no bairro São Domingos, na Zona Norte de São Paulo. Uma mulher foi encontrada morta dentro do apartamento em que vivia com a família. O autor do crime foi o próprio esposo, Leonardo Souza Ceschini. Inicialmente, ele contou uma versão distinta, mas acabou confessando o crime contra Érica Fernandes Ceschini, que se deu por uma discussão sobre futebol.

Publicidade

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a ocorrência se deu após o casal chegar em casa vindos de uma comemoração do título do Palmeiras, na Copa Libertadores. A esposa era palmeirense, e o acusado corintiano. Na oportunidade, Leonardo e Érica deixaram os filhos gêmeos, de 2 anos, com os primos dela no apartamento. Quando eles chegaram, as crianças estavam dormindo, e os parentes foram embora.

Horas mais tarde, Érica foi encontrada sem vida, sob uma poça de sangue. Segundo a PM, a vítima apresentava ferimentos nas pernas e costas, e tinha uma faca próxima ao corpo. 

Publicidade

Filhos são poupados

Até a noite da última terça-feira (2), os filhos do casal ainda não sabiam do brutal crime cometido pelo próprio pai contra mãe. A decisão foi tomada pelos familiares, tendo o objetivo de preservá-los da história bárbara.

Publicidade

Versões distintas

De acordo com o UOL, o Boletim de Ocorrência do crime apresenta três versões do ocorrido. No primeiro relato, o policial que atendeu a ocorrência registrou que a mulher teria tentado matar Leonardo, e em seguida tirou a própria vida. 

Publicidade

O acusado, por sua vez, que estava ferido no abdômen, disse aos policiais em um primeiro instante que foi atacado pela esposa, e na sequência cometeu suicídio. 

Contudo, o homem mudou sua versão pouco depois. No relato, ele disse que após ser atingido, conseguiu tomar a faca da mulher, e desferiu vários golpes que culminaram na morte dela.

Publicidade
Publicidade