in

Família de mulher morta pelo marido em SP acredita que futebol não foi o motivo da briga

Érica foi morta a facadas pelo marido no apartamento onde moravam na zona oeste de São Paulo.

Arquivo pessoal Erica Fernandes Ceschini

A morte de Érica Fernandes Ceschini, de 34 anos, em São Paulo, no último sábado (30), está repercutindo. Ela teria sido morta a facadas pelo marido, Leonardo Souza Ceschini, de 34. Os dois moravam em um apartamento na Vila Managalot, zona oeste da capital paulista.

Publicidade

De acordo com Leonardo, houve uma discussão por causa de futebol. Érica era palmeirense roxa e comemorava o título da Copa Libertadores da América após o Verdão vencer o Santos por 1 a 0, com gol marcado por Breno Lopes no final da partida. Nas redes sociais dela, há fotos exaltando a paixão pelo Palmeiras. O marido é corintiano.

Uma briga teria iniciado, Érica tentou agredir o marido e ele se defendeu a esfaqueando. Os filhos gêmeos casal, meninos de dois anos, estavam no local no momento do crime. Quando a polícia chegou, ao ser chamada por vizinhos, Leonardo estava ferido e Érica, morta.

Publicidade

Na versão dele, tudo aconteceu por causa de futebol. A família de Érica duvida disso. Para os parentes dela, esse foi apenas um pretexto que Leonardo usou na delegacia. O motivo para a briga teria sido outro. É isso que os familiares querem saber daqui para a frente.

Publicidade

Publicidade

Leonardo está em prisão preventiva – ou seja, vai ficar detido até o julgamento. O corpo de Érica foi enterrado em um cemitério de Mauá, na Grande São Paulo, sob forte comoção de parentes e amigos próximos. Os dois filhos do casal estão sob os cuidados da família de Érica. Sendo por futebol ou não, uma família foi destruída e duas crianças estão sem os pais neste momento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!