in

Jovem é assassinada após ser atingida por vários tiros em baile funk em SP

Segundo a policia, Miriam Alves Santos, de 19 anos, foi baleada com vários tiros, vítima de execução.

Reprodução/Divulgação

Na madrugada do último domingo, 31, uma jovem de 19 anos foi assassinada após ser baleada por vários tiros na cabeça em um baile funk no município de Tiradentes, localizado na Zona Leste de São Paulo. Uma das hipóteses investigadas pela polícia é a de que o crime pode se tratar de uma execução.

Publicidade

A jovem, Miriam Alves Santos, chegou a ser socorrida, no entanto, morreu antes de chegar a uma unidade hospitalar. Ela foi morta durante um pancadão que acontecia na Rua Apóstolo André, às 5h.

Segundo informações passadas pela polícia, um homem chegou ao local e disparou diversas vezes contra Miriam. No local, foram encontrados 12 estojos de munição de pistola calibre 380. Registrado na delegacia de São Mateus, o caso deve ser encaminhado para a cidade Tiradentes.

Publicidade

Há três semanas, o R7 noticiou a morte de outra jovem após um baile funk em Rio do Ouro, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Andressa Barbosa, de 18 anos, estava no pancadão, acompanhada de um amigo e acabou sendo baleada nas costas. Assim, como Miriam Alves, ela também chegou a ser socorrida, no entanto, morreu no hospital.

Publicidade

Segundo a irmã de Andressa, Carolina Barbosa, o Instituto Médico Legal (IML) de São Gonçalo demorou cerca de 24 horas para emitir a declaração de óbito da jovem. A morreu vítima de um confronto entre policiais militares e criminosos. Segundo a PM, alguns agentes de São Gonçalo foram atacados por motociclistas em um dos acessos à comunidade Cebolô, localizada no bairro Arsenal.

Publicidade

Publicidade
Publicidade