in

Criança presa acorrentada em barril é resgatada pela Polícia em SP; pai e madrasta são presos

Menino passou vários dias em situação deplorável preso em um barril de ferro em sua residência.

G1 - R7 - Montagem

Um menino de 11 anos foi resgatado em Campinas, no interior de São Paulo, no final da tarde deste sábado (30), depois de ser encontrada por uma equipe da Polícia Militar com mãos e pés acorrentados dentro de um barril de ferro.

Publicidade

As autoridades compareceram ao local após uma denúncia feita por vizinhos. Três pessoas foram presas suspeitas de tortura. Entre elas, o pai da criança, a namorada dele e a filha desta mulher. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), no Jardim Londres.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o garoto era mantido em pé no local, onde fazia as necessidades fisiológicas. O espaço era coberto apenas por uma telha e contava com uma pia de mármore, que impedia a saída dele.

Publicidade

A denúncia dos vizinhos foi feita após estes notarem a ausência do garoto, que costumava a brincar com outras crianças do bairro. Os policiais disseram que entraram na casa diante de uma autorização da jovem de 22 anos, filha da namorada do pai da criança.

Publicidade

Cenário desolador

Segundo a PM, o menino estava nu, e apresentava sinais de desnutrição. Rapidamente socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o menino de 11 anos foi levado para o Hospital Ouro Verde, onde deve ficar internado nos próximos dias sob a tutela de uma tia paterna.

Publicidade

Em um vídeo gravado pela polícia, o menino comoveu com um pedido após ser encontrado. “Eu só queria algo para comer“.

Ao retornarem para casa após uma ida ao supermercado, o pai da criança e a namorada foram surpreendidos com a ação da polícia e tiveram a prisão em flagrante decretada pelas autoridades.

Publicidade
Publicidade