in

Conheça os benefícios emergenciais que já foram confirmados pelo governo federal

Alguns benefícios vão ser antecipados neste ano de 2021, de acordo com o que o governo vem divulgando.

Jornal Contábil

No ano de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus o governo federal criou o auxilio emergencial. O benefício ajudou milhares de brasileiros que estavam sem nenhuma condição financeira. O impacto econômico foi grande na vida da população e muitos precisaram lidar com desemprego e alta dos preços dos produtos em geral.

Publicidade

Contudo, o auxílio emergencial foi finalizado no ano passado, apesar do Brasil ainda está no auge da pandemia. Algumas medidas estão sendo tomadas pelo governo federal e alguns benefícios vão ser antecipados no ano de 2021. O objetivo é tentar reduzir o impacto que a pandemia tem feito na economia, já que infelizmente os casos de contaminação e morte continuam elevados.

De acordo com a equipe econômica do governo federal, vai ocorrer a antecipação de alguns benefícios como o abono salarial PIS/Pasep e o 13º salário.

Publicidade

13º Salário do INSS

O benefício do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social, vai ser antecipado e sua primeira parcela deve ser paga já no mês de fevereiro e a segunda em março. Paulo Guedes, que é o atual Ministro da Economia, disse que vai ser possível antecipar o benefício, pois não vai ter um custo fiscal. Isso quer dizer que o recurso já estava previsto no orçamento. O que vai acontecer é que será pago com antecedência.

Publicidade

Abono PIS/Pasep

Já o abono salarial que costuma ter a sua liberação a partir do mês de julho, deve ser antecipado também para o mês de fevereiro e março. De acordo com o governo, a liberação tem como intuito garantir uma movimentação financeira ao longo do primeiro semestre de 2021.

Publicidade

Benefícios que pode ser aprovados pela equipe econômica

Existe um expectativa que o auxílio emergencial possa ser prorrogado, apesar de uma resistência por parte o governo que alegou ser um custo muito alto manter o benefício.

Saque emergencial do FGTS

Esse benefício também tem previsão de ter uma nova rodada. O valor a ser liberado para resgate deve ser de um salário mínimo, ou seja, 1.100 reais, tantos das contas ativas, como das inativas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.