in

Jair Bolsonaro lidera corrida presidencial em todos os cenários para 2022

Bolsonaro vence em todos os cenários e deve ser reeleito. Sergio Moro é o único que pode empatar tecnicamente com o presidente.

GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

O atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), lidera em todos os cenários da corrida presidencial para 2022. De acordo com um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas e divulgado nesta sexta-feira, 29, Bolsonaro fica na frente de todos os outros candidatos ao cargo de presidente do Brasil. Mesmo que haja um segundo turno, o relatório indica que Bolsonaro se saíra bem e o único opositor que pode acabar empatando com o atual mandatário é o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Publicidade

Ainda seguindo os dados do relatório, Bolsonaro vence todos os candidatos em qualquer outro cenário. Para um possível 2º turno, o instituto apresentou o nome de Jair Bolsonaro, de Sergio Moro, Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB)-atual governador do Estado de São Paulo-o ex-presidente Lula (PT) e ainda o apresentador Luciano Huck.

A primeira projeção apresenta os nomes de Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Luciano Huck, João Doria, Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos, João Amoêdo e Marina Silva (Rede). Neste primeiro cenário das eleições, Bolsonaro lidera com 30,5% dos votos. Moro vêm logo em seguida com 12,0% e Ciro Gomes ocupa o terceiro lugar com 10,6%. Fernando Haddad aparece com 9,5%, e Luciano Huck com 8,1%. Amoêdo, Marina e Boulos seguem a lista com menos de 4% dos votos cada.

Publicidade

Já em um segundo cenário, alguns lugares se invertem. Neste caso, Lula substitui Haddad, e com o ex-presidente na disputa, Sergio Moro fica em 3º lugar. Mesmo assim, Bolsonaro continua liderando com 31,0%– Lula fica com 17,3%. Em terceiro lugar surge Ciro Gomes com 9,2%, Doria com 5,3%, Boulos com 3,6% , Amoêdo com 3,3% e, por último, Marina, com 2,3%.

Publicidade

Na terceira projeção, Lula e Moro não serão candidatos à Presidência da República. Desta forma, Bolsonaro fica na frente com 33,7% dos votos e Ciro fica em segundo lugar com 12,1%. Na terceira colocação vem Haddad com 11,7%. Huck fica com 9,4% dos votos, Doria com 6,7%, e o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fica com 3,8%. Amoêdo, e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) ficam com menos de 3,5% cada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade