in

Bebê de 1 ano morre após se afogar em piscina de casa; caso gera forte comoção e deixa família abalada

Caso comoveu moradores de Gravataí (RS) na noite da última quinta-feira (28).

G1

Um bebê de 1 anos e 4 meses morreu após se afogar na piscina de casa na noite da última quinta-feira (28). O caso ocorreu no bairro Garibaldina, em Gravataí, Região Metropolitana de Porto Alegre. A ocorrência está sendo investigada como homicídio culposo (quando não há a intenção de matar).

Publicidade

De acordo com o delegado Gabriel Lourenço, responsável por atender o caso, a piscina em que o bebê se afogou fica entre duas casas. Os pais do menino moram na residência dos fundos, enquanto a avó paterna mora na casa da frente.

Lourenço afirmou que a criança estava brincando, correndo de uma casa para outra, quando os pais sentiram falta dele. Ao procurar pelo menino, o casal o encontrou boiando na piscina. Na tentativa de salvar a criança, os dois buscaram socorro levando ele para o hospital, mas o óbito já havia sido constatado. 

Publicidade

“Família bastante abalada, pude ver o quão apegados os pais eram, principalmente o pai. As redes sociais dele eram tomadas por fotos com o filho”, disse o delegado. 

Publicidade

As autoridades agora estão investigando as circunstâncias do acidente, para identificar se houve algum tipo de negligência por parte dos familiares. A piscina não tinha nenhuma rede de proteção. 

Publicidade

Família desolada

Ainda segundo informações do delegado, pai e mãe do bebê ficaram muito abatidos com a perda repentina. Eles já prestaram depoimento às autoridades durante a madrugada desta sexta-feira (29), e brevemente serão ouvidos novamente. O casal possui filhos de outros relacionamentos. 

“Os dois estavam muito abalados com a situação, sem dúvida”, disse Milesi.

Ainda nesta semana deve ser realizada uma autópsia para determinar a causa da morte do bebê.

Publicidade