in

Marido e filhas de mulher que morreu após dar à luz trigêmeos não poderão ir ao sepultamento e motivo comove

Camila Cassimiro estava bastante contente com a chegada dos três novos membros na família.

G1

O caso da morte de Camila Cassimiro da Conceição, de 32 anos, comoveu o país na última quinta-feira (28). Após dar à luz trigêmeos na terça-feira (26), ela acabou apresentando complicações com quadro de hemorragia, e morreu dois dias depois em uma unidade hospitalar de Itajaí, em Santa Catarina.

Publicidade

Natural de Indiaroba, no Sergipe, ela rumou para o sul do país há cerca de 10 anos no intuito de buscar uma vida melhor com o esposo e as filhas. Além dos trigêmeos, Camila deixou outras quatro meninas. 

Despedida

Diante do trágico acontecimento, a prefeitura de Indiaroba se prontificou a realizar o translado do corpo de Camila para o estado nordestino, para que a mãe e irmãos possam se despedir. 

Publicidade

Por conta da questão financeira delicada, o esposo, as quatro filhas e o irmão da vítima não poderão acompanhar o sepultamento.

Publicidade

Antes do corpo de Camila rumar para a cidade sergipana, familiares mais próximos dela realizaram uma rápida despedida na própria funerária, na última quinta-feira (28), em Itajaí.

Publicidade

Na manhã de hoje (29), o corpo da vítima foi encaminhado para São José dos Pinhais, no Paraná, e no período da tarde seguirá viagem para São Paulo. A previsão da chegada até Sergipe é para este sábado (30), com o velório programado para se iniciar às 16h, em Indiaroba. 

Nas redes sociais, diversas pessoas se solidarizaram com o triste caso. 

Em situação financeira delicada, o companheiro de Camila Cassimiro, disse que está aceitando doações para ajudar a criar os filhos. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro onde a família vive em Itajaí se responsabilizou por arrecadar as doações.

Os trigêmeos, que nasceram saudáveis, devem receber alta hospitalar ainda nesta sexta-feira (29). 

Publicidade
Publicidade
Publicidade