in

Técnica de enfermagem é afastada após fingir que vacinou idosa contra Covid-19; imunizante não foi injetado

A família da idosa ficou estarrecida ao receber imagens de vídeo da suposta imunização.

UOL | Divulgação

Publicidade

Um caso inusitado ocorreu em Maceió nesta quinta-feira (28). Uma idosa de 97 anos foi junto à sua cuidadora até um dos postos de vacinação da cidade para ser imunizada pela Covid-19. Porém, de acordo com o site UOL, a família da idosa teve uma surpresa ao receber um vídeo sobre a suposta imunização. Imagens de vídeo teriam mostrado que o imunizante não foi injetado, e que a idosa teve apenas o braço furado pela técnica de enfermagem.

Estarrecidos com as imagens, familiares procuraram os órgãos responsáveis pela campanha de vacinação e a idosa foi finalmente vacinada por outra profissional. A Prefeitura de Maceió emitiu nota afirmando que a profissional foi afastada e será submetida a um processo administrativo.

Publicidade

Segundo a família da idosa, nas imagens gravadas pela cuidadora é possível ver o exato momento em que o braço da paciente é furando, porém, a técnica não aperta o êmbolo da seringa, mantendo todo o líquido dentro do cilindro. A idosa, que não teve o nome divulgado, ainda chegou a perguntar se a vacina apresentava alguma reação adversa.

Publicidade

Graça a Deus que a vacinação foi filmada porque, se não fosse o vídeo, iríamos acreditar que minha avó tinha sido imunizada. Apesar de 97 anos, ela é muito ativa e estava chateada de ficar em casa todos esses meses e sem receber visitas dos filhos e netos” desabafou uma neta da idosa.

Publicidade

A jovem que não teve a identidade revelada ainda afirmou que a avó estava ansiosa para ser imunizada, e chamou a atenção para a gravidade da situação, já que a idosa seria exposta ao vírus acreditando estar protegida pela vacina. Ainda através de nota, a prefeitura de Maceió afirmou que o  caso gerou indignação e que todas as medidas cabíveis estariam sendo tomadas.

Publicidade