in

China está fazendo teste retal para detectar Covid-19; pessoas que chegam ao país passam pelo exame

Segundo especialistas, o vírus do novo coronavírus tende a permanecer mais tempo no reto.

Abril

A pandemia mundial de coronavírus que se tornou realidade no Brasil no mês de março já passou por muitas controversas a respeito do tratamento e do teste certo para a detecção da doença. Até então, existiam dois tipo de exames que poderiam ser feitos para saber se uma pessoa estava ou não com a Covid-19.

Publicidade

China está fazendo teste retal de coronavírus

Esses exames eram o teste do dedo ou braço, no qual era feito um furinho no dedo e a extração de uma gota de sangue. O outro exame é o de sorologia, o de era coletada uma amostra de dentro do nariz da pessoa, essa amostra passava por tratamento e o resultado apontava se essa pessoa estava ou não com a doença, mas agora surgiu uma nova forma de realizar o exame.

Principalmente na China, os testes retais estão ficando cada vez mais comuns. Isso porque, segundo especialistas o vírus tende a permanecer mais tempo no corpo da pessoa nesta região, e não na garganta e nariz, como até agora era pensado. Então, desenvolveu-se uma nova forma de realização de exame, a coleta é feita no reto da pessoa e passa por análise até que o resultado fique pronto.

Publicidade

Vírus fica mais tempo nesta parte do corpo

Por se tratar de um exame pouco usual e muito trabalhoso, apenas alguns grupos estão passando por esse procedimento. Esse exame retal está sendo feito principalmente em pessoas que estão chegando na China de avião e são oriundos de outros países. O exame retal também está sendo feito em pacientes internados.

Publicidade

Um dos moradores da China que precisaram passar pelo exame disse que o exame não é doloroso, mas é bastante humilhante. A China está tentando conter a doença a todo custo e exames, e testes são feitos em milhares de pessoas todos os dias para garantir que a doença está sendo controlada.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.