in

Idosa de 111 anos, que nunca teve RG, estava sem aposentadoria

A idosa nunca havia tirado o documento de identidade, e o INSS bloqueou seu benefício.

Olho na tela

O documento de identidade é um direito de todos os brasileiros. O RG é muito importante, pois é através dele que uma pessoa pode ser considerada na sociedade e, assim, consegue receber os benefícios sociais cabíveis para atender as suas necessidades, mas você já pensou viver toda uma vida sem ter acesso a esse documento?

Publicidade

Idosa de 111 nunca havia tido uma identidade

Foi isso que aconteceu com uma idosa de 111 anos, ela é uma das brasileiras mais velhas e nunca teve acesso ao documento de identidade. Maria Severina da Conceição viveu toda a sua vida apenas com sua Certidão de Nascimento, que garantia a idade da idosa, mas pela falta do documento de identidade ela foi impedida de receber seu benefício de aposentadoria.

A aposentadoria da idosa ficou retida por mais de 4 meses, pois, segundo o INSS, sem documento de identidade não teria como comprovar a existência da idosa. Foi aí que uma série de entidades governamentais se uniram para garantir que a idosa tivesse acesso a esse bem tão precioso que é a comprovação de vida.

Publicidade

Ela estava inapta para receber a aposentadoria

Nascida no ano de 1910, a idosa ficou muito satisfeita com a entrega do documento. Ela disse que tinha gostado muito. A filha da idosa, Luciana da Conceição, também se mostrou satisfeita com a entrega do documento que para ela é de suma importância.

Publicidade

Agora, a idosa terá condições de regularizar sua situação junto ao INSS para atualização de seu cadastro e poderá novamente receber o benefício para conseguir viver seus últimos anos de vida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.