in

Mulher que matou filha de 5 anos foi encontrada pela polícia fazendo algo curioso

Josimare teria matado a própria filha após surto psicótico na cidade de Maravilha, em Alagoas.

Facebook Josimare

A morte de menina Brenda Carolyne da Silva, de 5 anos, está repercutindo nas redes sociais. A garotinha foi brutalmente assassinada pela própria mãe, identificada como Josimare da Silva. O crime aconteceu na cidade de Maravilha, no Sertão de Alagoas, neste domingo (24).

Publicidade

A Polícia Civil suspeita que Josimare tenha golpeado a própria filha, após ter um surto psicótico. A mulher sofria de problemas psiquiátricos. A menina teria tido parte da língua arrancada com uma tesoura. Os detalhes do crime são assombrosos. Nesta segunda-feira (25), a polícia emitiu comunicado sobre o caso.

O delegado responsável por conduzir as investigações contou o que a suspeita pelo crime estava fazendo no momento em que foi presa. “Quando os militares chegaram ao local, a mãe estava rezando”, contou o Delegado, informando sobre o fato curioso envolvendo a prisão de Josimare.

Publicidade

Logo após ser presa, Josimare foi levada para a delegacia Regional de Delmiro Gouveia. No local, o Delegado plantonista, Walter Fontes, a autuou em flagrante. A mulher deve ser transferida para a delegacia regional de Santana do Ipanema, conforme informou o Delegado Hugo Leonardo.

Publicidade

A investigação será conduzida por Diego Nunes, Delegado distrital de Maravilha. As autoridades policiais aguardam o resultado do laudo do Instituto Médico-Legal (IML). O laudo deve determinar qual foi a causa da morte da pequena Brenda.
O caso segue repercutindo nas redes sociais, e Josimare vem recebendo diversos ataques após ter tirado a vida da própria filha.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!