in

Caso Bianca: Justiça autoriza e polícia invade favela em busca de assassino da jovem

Dois mandados de prisão foram expedidos pela Justiça; dezenas de policiais foram até a favela.

Twitter Bianca / Reprodução Globo

A morte da jovem Bianca Lourenço, de 24 anos, continua repercutindo. Ela desapareceu no dia 3 de janeiro, depois de ir a churrasco com amigos na região do Complexo da Penha, zona norte do Rio de Janeiro. Testemunhas contaram que ela foi retirada da festa pelo ex-namorado, o traficante Dalton Luiz Vieira Santana, o DT, de 31 anos.

Publicidade

Dalton, que é apontado como chefe do tráfico na favela Kelsons, era extremamente ciumento e não aceitava o fim do relacionamento. Diante das ameaças, Bianca teve que se mudar da comunidade. Ela estava morando com o pai em uma cidade da Baixada Fluminense.

A família tinha a certeza de que Dalton estava por trás do crime que aconteceu dias depois de a jovem ter postado foto de biquíni no Twitter. O pai de Bianca chegou a subir a favela e pedir a Dalton que entregasse o corpo da filha dele. O corpo da jovem foi encontrado somente no dia 12, na Praia do Fundão, mutilado.
O reconhecimento foi feito por causa de uma tatuagem que Bianca tinha na perna.

Publicidade

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, realizou uma ação na favela Kelsons. Mais de 20 carros foram mobilizados para a operação policial. Dois blindados ajudavam na hora de locomover pela favela.

Publicidade

O objetivo era prender duas pessoas, após expedição de mandado pela Justiça.
Além de Dalton, havia mandado contra Edgar Alves de Andrade, o Doca, que também teria participado da morte de Bianca. Nas redes sociais, muita gente segue se manifestando a favor da prisão dos envolvidos nesse crime.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!