in

Tragédia em Guaratuba: possível causa de acidente com ônibus que matou 19 é revelada por motorista

Acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (25); coletivo tinha Balneário Camboriú como destino final.

Foto: Arquivo pessoal/Juliano Neitzke - G1

Um grave acidente com um ônibus foi registrado na manhã desta segunda-feira (25), na BR-376, em Guaratuba, no Paraná, deixando 19 pessoas mortas outras 33 feridas. A ocorrência se deu por volta das 8h30, e provocou um enorme congestionamento na rodovia, que ficou horas interditada para o socorro às vítimas.

Publicidade

Segundo informações do delegado Cristiano Quintas, responsável pelas investigações do caso, o condutor que estava dirigindo o ônibus no momento do acidente, declarou, no seu depoimento, que o freio não estava funcionando. 

“Ouvi em depoimento um dos motoristas e ele acabou relatando que em uma das curvas, ele notou uma falha nos freios e quando percebeu que o freio não estava mais funcionando, já era tarde demais, já havia passado do ponto de contenção e ele não pôde fazer praticamente nada”, disse o delegado Quintas. 

Publicidade

Ainda de acordo com o delegado, o condutor do veículo disse que esta era a terceira vez que fazia a viagem entre as cidades de Ananindeua, no Pará, até Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Publicidade

Legalizado

Segundo informações da Agência Nacional de Trânsito Terrestre (ANTT), o coletivo possuía licença para realizar viagens, e não tinha nenhuma pendência. Em nota, a empresa proprietária do ônibus disse ter fretado o veículo para terceiros, mas afirmou que ajudará no suporte às vítimas. 

Publicidade

Depois de horas de atendimento e buscas por vítimas, o trecho da BR-376 onde o acidente ocorreu só foi liberado para a circulação por volta das 15h. Os sobreviventes feridos foram encaminhados para hospitais de cidades vizinhas – sete deles estavam em estado grave. Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados para o IML de Curitiba.

Publicidade