in

Diabetes tipo 2: conheça 8 sintomas da doença e quem tem maior risco de ser acometido pela condição

A demora no diagnóstico pode provocar grandes prejuízos a saúde de uma pessoa.

Reprodução/Internet

Diabetes é uma doença que pode trazer sérios danos à saúde de uma pessoa ao longo do tempo. Existem dois tipos de diabetes, a tipo 1 e a tipo 2. A do tipo 2 costuma ser mais comum na fase adulta (acima dos 30 anos), tem ligação com excesso do peso e dependendo da situação o paciente pode fazer uso de medicamentos para poder controlar a glicemia.

Publicidade

Diabetes tipo 2 também é chamada de doença silenciosa. O motivo é que a maior parte das pessoas podem demorar muito tempo para poder identificar os sintomas, segundo informação de um artigo que foi publicado pelo portal da Novartis. A demora do diagnóstico pode acarretar sérios danos à saúde geral do paciente.

Identificar a doença o mais precocemente possível é essencial para poder manter a qualidade de vida do indivíduo. Desta maneira pode-se evitar complicações que estão associadas a condição. Conforme a Novartis, algumas pessoas tem risco maior de sofrer com a condição e precisam ter atenção redobrada.

Publicidade

Entre elas estão: pessoas com idade acima de 45 anos, sedentários, aqueles que possuem familiares diretos que sejam portadores da doença, mulheres que tiveram diabetes gestacional ou deram à luz a crianças com mais de 4,8 kg, mulheres que sofrem com SOP – Síndrome do Ovário Policístico, pessoas que tenham hipertensão e quem tem colesterol ‘bom’ em nível baixo ou pessoa com índice de lipídeos elevados no sangue.

Publicidade

Se você não conhece os sintomas da doença pode ficar tranquilo, pois esse artigo vai elencar abaixo os sinais que o corpo dá que mostram que o indivíduo pode ter diabetes tipo 2.

Publicidade
  • Sentir sede constantemente;
  • Cansaço sem motivo aparente;
  • Vontade de ir ao banheiro com frequência, principalmente à noite;
  • Feridas no corpo que não cicatrizam ou demoram a cicatrizar;
  • Visão embaçada;
  • Perda de peso sem razão aparente;
  • Sensação de formigamento ou dormência nas mãos e pés;
  • Infecção na pele ou gengiva constante.

Se apresentar os sintomas citados anteriormente, procure ajuda médica para que o profissional possa fazer o diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade