in

Bolsonaro sinaliza filiação a novo partido em março: ‘preparar para as eleições de 2022’

Para apoiadores, o presidente da República Jair Bolsonaro afirmou que decidirá por uma nova filiação em março deste ano.

SERGIO LIMA / AFP

O presidente da República Jair Bolsonaro sinalizou filiação a um novo partido político em março de 2021. O plano inicial do mandatário era tirar o Aliança pelo Brasil do papel, no entanto, sem sucesso, Bolsonaro passou a negociar sua filiação a um novo partido, para assim, tentar sua reeleição em 2022 e levar aliados a uma nova sigla.

Publicidade

Nesta segunda-feira, 25, Bolsonaro foi questionado a respeito do partido durante uma conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. Para responder aos questionamentos, o presidente diz que decidirá sobre isso em março, afirmando que ou o partido decola ou ele terá que arranjar outro. Caso o partido não decole, Bolsonaro diz que terá que se filiar a outro partido, se não, não terão como “preparar para as eleições de 2022“.

Vale lembrar que em 2019, Jair Bolsonaro saiu do PSL após o início de uma racha no partido. Na ocasião, parlamentares da legenda chegaram a se dividir durante uma disputa por espaços internos entre o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, e o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Publicidade

Em 2020, visando apoio no Congresso, Bolsonaro passou a oferecer cargos e verbas federais a partidos do Centrão.

Publicidade

Atualmente sem partido, o presidente vem sendo muito assediado pelo Centrão para uma possível filiação. Os convites a Bolsonaro foram realizados por integrantes do PL, PTB, Progressistas, Republicanos e Patriota. Vale lembrar ainda que os dois filhos de Bolsonaro, Flávio Bolsonaro e Carlos Bolsonaro migraram para o Republicanos, partido extremamente ligado à Igreja Universal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade