in

Acidente com ônibus no PR deixa 12 mortos e vários feridos em estado grave; cenário é desolador e comove

Ônibus que tinha como destino final o litoral paranaense saiu da rodovia e tombou nesta manhã manhã na BR-376.

Foto: Arquivo pessoal/Juliano Neitzke - G1

Depois de um final de ano violento nas rodovias brasileiras, com registro de acidentes envolvendo ônibus culminando em várias vítimas fatais, mais uma triste ocorrência foi registrada na manhã desta segunda-feira (25). Um ônibus que transportava 57 passageiros acabou saindo na pista no Km 688 da BR-376, em Guaratuba, no Paraná.

Publicidade

De acordo com a última atualizaçãp repassada pelo Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), 12 pessoas morreram e outras nove ficaram feridas, sendo que cinco delas estão em estado grave, e outros quatro apresentam ferimentos moderados. O trecho onde o acidente foi registrado é conhecido como Curva da Santa. A ocorrência se deu por volta das 8h30, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. 

Com placas de Belém, no Pará, o coletivo descia a Serra do Mar no sentido litoral do Paraná, quando acabou saindo da pista e tombou às margens da rodovia. As causas do acidente ainda são desconhecidas. 

Publicidade

Atualização dos números: até o fechamento desta matéria as autoridades confirmaram 14 mortes e 32 pessoas feridas.

Publicidade

Lotado

De acordo com a Polícia Militar, o ônibus levava 57 passageiros, além dos dois motoristas que se revezavam na longa viagem. Não foi informada a capacidade máxima do coletivo. 

Publicidade

Responsável por administrar o trecho onde o acidente foi registrado, a Arteris Litoral Sul, informou que a pista foi totalmente interditada para o atendimento às vítimas. Até o fechamento desta matéria, o congestionamento na rodovia em função do trágico acidente era de 2 quilômetros.

No final do ano passado, dois acidentes graves envolvendo ônibus culminaram na morte de mais de 60 pessoas. O primeiro deles se deu em Taguaí, no interior paulista, onde 42 pessoas morreram. Duas semanas depois, outro coletivo caiu em uma ponte próximo à cidade de João Monlevade (MG), e deixou 19 mortos. 

Publicidade
Publicidade