in

Menino de 2 anos fica em estado grave após engasgar com brinquedo e mãe clama a Deus: ‘Não tira ele de mim’

Mãe socorreu criança após ela ter ingerido peça de brinquedo e detalhou cenário de desespero vivido.

G1

A família do pequeno Luiz Otávio tem passado por um verdadeiro drama nos últimos dias e recebem uma forte corrente de orações pela melhora do garoto de 2 anos. No final de semana, quando estava com a mãe na casa da avó, em Montes Claros (MG), ele acabou se engasgando e engolindo uma peça de um brinquedo.

Publicidade

Internado em estado grave, a criança chegou a perder os sentidos e batimentos cardíacos quando deu entrada no Hospital Aroldo Tourinho, e após um processo de reanimação voltou a apresentar sinais vitais. Em estado grave, Luiz Otávio passou por cirurgia para a remoção da peça, e segue intubado em uma CTI da Santa Casa de Montes Claros. 

Drama e pedido

Em entrevista exclusiva ao portal G1, a mãe de Luiz Otávio, Isabela Aquino, detalhou o cenário de desespero vivenciado no momento do ocorrido, e disse ter feito uma súplica a Deus pedindo pela vida do filho. 

Publicidade

“Quando o Luiz desfaleceu, falei para Deus: ‘O Senhor não pode tirar ele de mim, porque ele foi um presente. Eu demorei um ano e oito meses para engravidar dele. Não deixe meu filho morrer, eu imploro’. Eu me desesperei”, disse ela, bastante emocionada.

Publicidade

O pai da criança, Charles Madureira, disse ao UOL, que um dos médicos de plantão, chegou a afirmar que se o garoto não apresentasse sinais vitais em um prazo de 24h, a morte cerebral iria ser decretada. A possibilidade, no entanto, foi rechaçada por outro médico da Santa Casa do município, que pediu um prazo de 5 dias, para que os sedativos pudessem parar de fazer efeito.

Publicidade

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Minas, o ano de 2020 foi marcado pelo atendimento de 510 ocorrências por ingestão de corpos estranhos no estado. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade