in

Com 61 pedidos de impeachment, Bolsonaro coloca a Deus à frente para se manter presidente

Bolsonaro sente pressão por impeachment crescer em meio à pandemia do coronavírus.

Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está sendo pressionado no cargo. Sessenta e um pedidos de impeachment já chegaram ao Congresso Nacional e o risco de que um deles seja aprovado é grande. Bolsonaro é acusado pelos mais diversos crimes de responsabilidade.

Publicidade

A condução do país durante a pandemia do coronavírus tem revoltado muita gente. Desde março do ano passado, Bolsonaro não para de se envolver em polêmicas. Uma delas, por exemplo, é a indicação de remédios que não tem comprovação científica contra a Covid-19, como a hidroxicloroquina.

Em primeiro pronunciamento no início da pandemia, Bolsonaro chamou a Covid-19 de “gripezinha” ao ironizar o médico Dráuzio Varella. O presidente também participou de atos ao lado de apoiadores, mesmo com recomendação das autoridades de saúde para que aglomerações fossem evitadas.

Publicidade

Nesta quinta-feira (21), o Estadão publicou um editorial crítico a Bolsonaro em que o chama de o “presidente mais inepto da história”. Bolsonaro, que se aliou ao ‘centrão’, conta com uma base de apoio que poderia barrar o impeachment. 

Publicidade

Em conversa com apoiadores na frente do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, na manhã desta quinta, Bolsonaro colocou Deus à frente de toda a situação. “Se Deus quiser vou continuar meu mandato”, afirmou o presidente.

Publicidade

“Eu acho que o mandato do Jair agrada mais ao diabo do que a Deus. Mesmo que não seja ‘responsável’, não tem como um líder não sentir o peso de 200 mil mortes. Comportamento do Jair é o de uma pessoa que não está nem aí, de alguém que sai para pescar durante uma tragédia”, criticou outro internauta. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!