in

PSOL coloca Pazuello contra a parede e pede explicação sobre estoque de oxigênio e seringas

A deputada Sâmia Bonfim já protocolou o requerimento no qual pede explicações ao ministério da saúde.

Agência Brasil

A situação do Brasil está ficando cada vez mais complicada durante essa pandemia de coronavírus. O crescente aumento no número de casos da doença faz com que os estoques de insumos para o tratamento dos pacientes, se esgote mais rápido e pelo menos por enquanto, o governo não está conseguindo dar conta de atender a todas as regiões do país. 

Publicidade

Deputada do PSOL quer explicações sobre estoque de oxigênio

Isso ficou claro quando nos hospitais do estado do Amazonas, em Manaus, o estoque de oxigênio acabou e aconteceu um grande desespero da equipe médica, pois muitas pessoas com Covid-19, morreram por asfixia, sem ter direito ao ar. 

Após esses eventos começaram a levantar os questionamentos a respeito da preparação do ministério da saúde para o aumento de casos da doença em todo o país. A líder do PSOL na câmara dos deputados, parlamentar Sâmia Bonfim, São Paulo, colocou Eduardo Pazuello contra a parede e o questionou sobre os estoques de oxigênio, seringas e agulhas para a vacinação contra a Covid-19.

Publicidade

A deputada Sâmia fez um requerimento pedindo ao ministério da saúde todas as informações sobre a preparação do estado para esse momento da pandemia. O requerimento foi protocolado na última terça-feira, 19 de janeiro. 

Publicidade

O requerimento já foi protocolado

No requerimento ela especifica o desejo de ter informações sobre a média semanal de uso de oxigênio medicinal em cada uma das unidades federais espalhadas pelo país e em quais estados esse consumo sofreu aumento desde o mês de dezembro.

Publicidade

Sâmia também questionou se o Governo traçou um plano para que o desabastecimento das unidades seja evitado, tanto de oxigênio, quanto de equipamentos de proteção individual.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.