in

Homem furta carro de funerária que transportava corpo e sofre acidente pouco tempo depois; vídeo mostra crime

Veículo funerário foi encontrado há 50 km de distância após ter se envolvido em acidente; suspeito foi detido.

G1

Uma ação criminosa atípica foi registrada na noite do último domingo (17) no município de Laguna, no litoral de Santa Catarina. Um homem de 22 anos furtou um carro de funerária com um corpo dentro, e minutos depois se envolveu em um acidente de trânsito. O suspeito foi hospitalizado e na sequência detido.

Publicidade

Informações repassadas pela polícia dão conta que o agente funerário responsável pelo carro havia estacionado o veículo de frente a uma floricultura para comprar flores de um velório, e quando retornou deu conta do furto.

Uma das câmeras de monitoramento da floricultura acabou flagrando o momento em que o homem entra no carro funerário e sai dirigindo. A chave estava na ignição do veículo.

Publicidade

“O agente funerário chegou por volta das 20h50. Às 20h54, ele foi sair com as flores, e o carro não estava mais ali. Como de costume, ele desceu só para escolher as flores, assinar a notinha e sair. [Essa ação] Não dá mais que quatro minutos”, disse Elisângela de Castro Alves, proprietária da floricultura.

Publicidade

Veja o vídeo com da ação criminosa

Após visualizarem as imagens nas câmeras de segurança, Elisângela e o agente funerário acionaram a Polícia Militar, que iniciou as buscas pelo veículo.

Publicidade

O homem responsável pelo furto foi encontrado há 50 km de distância da floricultura, após se envolver em uma acidente, na rodovia SC-390, no município de Pedras Grandes.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, responsável pelo atendimento da ocorrência, o criminoso caiu da pista e acabou caindo em um barranco. 

Embriagado

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e verificou que o homem estava consciente, mas desorientado e apresentando sinais de embriaguez. Por conta do crime de furto, ele recebeu voz de prisão.

Em um primeiro instante, ele foi encaminhado para a unidade hospitalar e, posteriormente, levado até a delegacia da cidade de Tubarão. 

Publicidade
Publicidade