in

Por que enfermeira de SP foi a 1ª a ser vacinada contra a Covid no Brasil?

Mônica Calazans foi a primeira pessoa a ser vacinada no país, neste domingo (17).

Reprodução GloboNews

Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19 no Brasil. Ela trabalha como enfermeira na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Emílio Ribas, referência de atendimento a pacientes com doenças infectocontagiosas.

Publicidade

A história de vida de Mônica tem sido destrinchada pela imprensa. A mulher de 54 anos trabalha no Emílio Ribas desde maio, quando a pandemia já havia começado. Mônica faz parte do grupo de risco para a Covid-19 por ser obesa, hipertensa e diabética.

A enfermeira mora no bairro de Itaquera, zona leste da capital paulista. De família humilde, Mônica mora com o filho de 30 anos. A mãe, uma idosa de 72 anos, mora em outra casa no mesmo quintal. No Emílio Ribas, a enfermeira trabalha em dias alternados, com escalas de 12 horas de trabalho.

Publicidade

Por que Mônica Calazans foi escolhida?

Nas redes sociais, muitos internautas estão se perguntando: por que Mônica foi a primeira pessoa escolhida? Embora haja critérios subjetivos, como o fato de ela ser do grupo de risco, ser mulher, negra e pobre, o que contou mesmo foi o fato de a enfermeira ter participado dos testes clínicos da vacina.

Publicidade

Mônica Calazans recebeu placebo nos testes. Agora, diante da autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, a enfermeira tinha direito à vacina e acabou escolhida pelo Butantan e pelo Governo de São Paulo. Nos próximos dias, a vacinação deve começar oficialmente em todo o país.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!