in

Jovem de 22 anos morre vítima da Covid em apenas 13 dias; família fica desolada e última mensagem dele comove

Mauricio Henrique tinha uma vida ativa e praticava ciclismo regularmente e não apresentava nenhuma comorbidade.

Banda B

A pandemia do coronavírus tem devastado milhares de famílias brasileiras nos últimos meses, provocando mortes sem “limites de idade”. Diferentemente do que se imaginava no início da pandemia, jovens também têm sido impactados pela doença. Estudante de Direito, Mauricio Henrique Borges Mourão, de 22 anos, foi mais uma vítima fatal da Covid-19 entre pessoas de pouca idade.

Publicidade

Em um intervalo de 13 dias, após o diagnóstico da doença, Mauricio não resistiu às complicações da Covid-19 e não resistiu. O óbito do jovem estudante deixou familiares e amigos desolados com a perda. O fato do rapaz ser saudável, praticante de ciclismo e ter uma vida ativa impactou em um cenário de perplexidade. O rapaz morreu no último sábado (9), em Curitiba.

Mãe abalada

Três dias após a morte do filho, a mãe de Mauricio, Marcia Borges, desabafou sobre a perda irreparável e disse que o filho estava bem até o Natal. 

Publicidade

“Foi rápido demais. Meu filho morreu em 13 dias. Um menino saudável, que fazia exercício, ia na igreja e sempre cuidou dele e dos outros pra não se contaminar. Muito inteligente, meu filho querido”, disse a mãe, bastante emocionada. 

Publicidade

Isolado em casa, Mauricio sentiu fortes dores de cabeça e chegou a perder a consciência, sendo levado imediatamente para uma unidade hospitalar.

Publicidade

Nesta segunda entrada no hospital, Mauricio apresentou uma quadro de arritmia cardíaca e apareceu com uma elevada diabetes, que chegou na casa dos 517, algo que deixou os familiares assustados, uma vez que ele nunca teve diabetes. Nos últimos dias de vida, o jovem foi entubado e sofreu duas paradas cardíacas, e acabou não resistindo. 

Últimas palavras

Um dia antes de ficar doente, Mauricio postou uma mensagem comovente de gratidão nas redes sociais. 

“Que ano, meus amigos! Apesar de tudo, o que nos resta é celebrar a vida, conquistas e agradecer os desafios e dificuldades que com certeza nos fizeram mais fortes para os próximos anos que virão!”, disse o rapaz na oportunidade. 

Amigos e familiares prestaram centenas de homenagens e publicaram mensagens comoventes sobre a perda precoce do jovem que tinha uma vida bastante ativa e era saudável. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade