in

Mais um hospital de Manaus deve ficar sem oxigênio nas próximas horas

Hospital Getúlio Vargas, da Universidade Federal, deve ficar sem oxigênio a partir das 14h.

Saúde Online

A situação do atendimento de saúde na cidade de Manaus, capital do Amazonas, é terrível. Em muitos hospitais, faltam cilindros de oxigênio. Pacientes perderam a vida pela falta do insumo primordial à vida humana. As pessoas que estão internadas em estado grave recebem oxigênio por meio de ventilação mecânica.

Publicidade

Sem os cilindros de oxigênio, a situação é terrível na cidade amazonense. O colapso do sistema de saúde por lá repercute em todo o Brasil e as imagens causam comoção. Nesta sexta-feira (15), uma nova informatção sobre a cidade foi dada ao vivo na tela da CNN Brasil.

“Repórter da CNN Brasil Karla Chaves em Manaus: ‘uma fonte do Hospital Getúlio Vargas me disse que só tem oxigênio até as 14h'”, escreveu o jornalista Márcio Gomes, apresentador do CNN Prime Time, em seu Twitter. A informação é muito triste e está repercutindo.

Publicidade

Sem oxigênio nos hospitais, pacientes que necessitam de ventilação mecânica correm grande risco de morrer se nada for feito. A alternativa a isso seria a chamada ventilação manual, em que um médico, enfermeiro ou auxiliar tem que manusear o equipamento chamado de ambu.

Publicidade

A Força Aérea Brasileira (FAB) transportou cilindros de oxigênio para a capital do Amazonas, na manhã de hoje. O Ministério da Saúde publicou informações sobre isso nas redes sociais. Manaus vive colapso no sistema de saúde, pior do que aconteceu entre abril e maio do ano passado, nos primeiros meses da pandemia de Covid-19. Atualmente, mais de 205 mil brasileiros perderam a vida em decorrência da doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!