in

Mulher é morta a tiros e quando família descobre quem mandou matá-la fica de queixo caído

Ana Paula foi morta no centro de São Paulo, na semana do Natal, quando voltava do trabalho.

Reprodução: R7

A família de Ana Paula Matos teve um Natal muito triste. A mulher voltava do trabalho na semana do Natal quando foi morta ao levar três tiros à queima-roupa. Imagens de câmera de segurança flagraram o assassinato da vendedora. O crime aconteceu no centro da cidade de São Paulo.

Publicidade

As imagens mostram Ana Paula caminhando tranquilamente, após sair do serviço. Em uma das ruas por onde ela passa, havia um homem de bicicleta encostado em um poste. Quando Ana Paula se aproxima, o homem, identificado como Ivanildo, saca o revólver e atira três vezes nela a curta distância. As imagens são fortes.

O assassino já sabia o trajeto da vítima. As câmeras também mostraram que havia outro homem de bicicleta na cena do crime. Este segundo suspeito assistiu a tudo tranquilamente e deixou o local acompanhando o homem que atirou na vítima. Ana Paula morreu na hora.

Publicidade

Se tudo já estava ruim para a família, a situação ficou ainda pior. Na quarta-feira (13), a polícia de São Paulo prendeu o suspeito de ser o mandante da morte da vendedora. Trata-se de José Santana, de 45 anos. Ele é marido da irmã de Ana Paula. O motivo de ele ter mandado matar a cunhada segue sendo investigado. Os investigadores suspeitam que ele tinha um relacionamento extraconjugal com a vítima.

Publicidade

Outra hipótese é que José Santana trabalhasse como agiota e Ana Paula devesse dinheiro para ele. José Santana negou as acusações, mas vai permanecer preso até que o caso seja devidamente esclarecido. A família está muito chocada com tudo o que aconteceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!