in

Auxílio Emergencial: prorrogação do benefício em 2021 ganha mais uma apoiadora forte no Senado

Parlamentares vêm realizando pressão nos bastidores, solicitando uma nova extensão do programa de ajuda.

Agência Brasil

Alento de milhares de brasileiros no ano passado diante do cenário de crise por conta da pandemia do coronavírus, o Auxílio Emergencial tirou muitas famílias da situação de extrema pobreza. O calendário de pagamentos do benefício, no entanto, foi encerrado em dezembro, e ainda há uma grande incerteza quanto ao futuro do programa.

Publicidade

Oficialmente, o governo federal através do presidente Jair Bolsonaro, já manifestou que não pretende continuar com o benefício em 2021, mesmo diante de uma situação ainda delicada em função da Covid-19. Apesar desse posicionamento, alguns parlamentares estão se movimentando para tentar viabilizar uma continuidade da ajuda, apresentando projetos no Congresso.

Nesta terça-feira (12), a senadora Simone Tebet (MDB-MS) escolhida do MDB para pleitear a presidência do Senador, defendeu a ideia de trazer a pauta de prorrogação do Auxílio Emergencial para a casa. Segundo a parlamentar, essa é a “agenda de um país que começa a passar fome”.

Publicidade

“O auxílio emergencial, com responsabilidade, observando os critérios da Lei de Responsabilidade Fiscal, o limite do teto de gastos, ainda que com menor valor, tem que sim estar na agenda de qualquer candidato”, disse Simone Tebet pouco tempo depois de ser oficializada como candidata à presidência da Casa. 

Publicidade

Nos bastidores, deputados e senadores fazem pressão solicitando uma nova extensão do programa, tendo como principal justificativa a situação delicada que o país ainda vive diante da pandemia, e a falta de um calendário concreto para o início da vacinação em solo nacional. 

Publicidade

Calendário de saques 

Ao longo deste mês, a Caixa Econômica Federal vem realizando a liberação de saques e transferências das parcelas 8 e 9, referentes aos ciclos 5 e 6. Nesta quarta-feira (13), beneficiários nascidos em junho podem movimentar o montante disponível na conta digital, seja sacando o valor em espécie ou transferindo para contas de outros bancos.

Este cronograma em 2021 foi iniciado no dia 4 de janeiro e será concluído no dia 27 deste mês, quando beneficiários nascidos em dezembro serão contemplados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade