in

Ford encerra a produção de veículos no Brasil; 5 mil empregos serão afetados, afirma a marca

A Ford mantinha a produção brasileira dos veículos em Camaçari (BA) e Taubaté (SP). Jipes e Trollers eram produzidos em Horizonte (CE)

Divulgação/G1

Nesta segunda-feira, 11, a Ford anunciou que encerrará a produção de veículos em todas as suas fábricas no Brasil, aonde atua desde 1919. A marca diz que manterá apenas em São Paulo, sua sede administrativa para a América do Sul e o campo de provas. Já na Bahia, o Centro de Desenvolvimento de Produto também continuará em funcionamento.

Publicidade

Antes da decisão, a montadora também mantinha fábricas em Camaçari, na Bahia, e Taubaté, em São Paulo, para carros da Ford, e em Horizonte, Ceará, para jipes da Troller.

De acordo com informações passadas ao G1, o encerramento da produção no Brasil afetará cerca de 5 mil empregos no país e na Argentina, que também sofrerá ajustes por conta das mudanças. No total, a empresa emprega 6.171 no país. Com o fechamento das fábricas, 830 funcionários perderam o seu emprego em Taubaté. Além disso, a fábrica de Horizonte emprega mais 430 brasileiros.

Publicidade

Em Camaçari, na fábrica que produzia os modelos EcoSport e Ka, e Taubaté, onde eram produzidos motores e transmissões, serão fechadas de imediato, e assim reduzirá a fabricação de peças para os estoques de pós-venda. Ao final do primeiro trimestre de 2021, a planta da Troller, em Horizonte, também será fechada.

Publicidade

Outra consequência desta decisão será que os modelos nacionais da marca deixaram de ser vendidos assim que terminarem os estoques. Mesmo assim, a Ford garante que todos os clientes continuarão com toda a assistência de manutenção necessária e garantia.

Publicidade

Com isso, a marca afirma que o Brasil passará a ter modelos importados, principalmente das fábricas da Argentina e Uruguai.

Publicidade
Publicidade