in

Tragédia: mulher briga com o marido e morre minutos depois atropelada por ônibus em rodovia; cena comove

Mulher acabou não resistindo após colidir com sua motocicleta em lateral de ônibus.

Foto: Roberto Torrecilhas/JDB

Uma jovem de apenas 21 anos morreu em um trágico acidente no último sábado (9), em Santo Antônio de Posse, no interior de São Paulo. De acordo com relatos de testemunhas, a mulher tinha acabado de brigar com o marido, e após sair de casa em uma motocicleta, acabou se envolvendo no acidente. 

Publicidade

A ocorrência foi registrada na Rodovia SP-107 por volta das 18h. Segundo informações repassadas pelo motorista do ônibus no depoimento à polícia, ele seguia de Holambra (SP) sentido a Santo Antônio de Posse, quando na altura do Km 22, a jovem invadiu a via com a motocicleta e bateu brutalmente na lateral direita da parte frontal do ônibus. O condutor disse que tentou evitar a colisão, mas não conseguiu.

Identificada como Renata Carolina de Moraes, a jovem de 21 anos morreu ainda no local. 

Publicidade

Em depoimento dado para a polícia e registrado no boletim de ocorrência, o marido dela também confirmou a versão de que os dois haviam discutido, e que depois da briga, a companheira saiu de casa com a motocicleta. Minutos depois, ele a encontrou sem vida no local do acidente.

Publicidade

Uma equipe da perícia atendeu a ocorrência e posteriormente encaminhou o corpo da vítima para o Instituto Médico Legal (IML).

Publicidade

Fim de ano violento

De acordo com balanço divulgado na última semana pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as rodovias do país registraram 903 acidentes entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro.

Destes, 254 foram classificados como grave, e cerca de 67 pessoas morreram. Em relação aos índices registrados de 2019 para 2020, o número de óbitos caiu em 9%, mas registros de acidentes subiu, mesmo na pandemia. 

Publicidade
Publicidade