in

Avó que jogou netas por janela de prédio para salvá-las de incêndio dá depoimento comovente: ‘Fiz por amor’

Caso aconteceu na última sexta-feira (8), na Região Metropolitana de Curitiba e comoveu país.

G1

Responsável por salvar as netas após um incêndio tomar conta do apartamento em que mora, a avó Janete Kovalski Martin concedeu uma entrevista emocionante ao programa Fantástico, que foi ao ar neste domingo (10). Segundo a mulher, diante de todo o cenário de desespero, com as crianças correndo grande risco de vida, ela não pensou duas vezes em jogá-las da janela do prédio.

Publicidade

O caso aconteceu na última sexta-feira (8), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e vem sendo investigado pela Polícia Civil. 

“Fiz por amor que eu amo elas. Eu amo aquelas crianças. Elas chegaram na minha vida assim…o dia em que eu vi elas, me apaixonei por elas. Eu amo elas”, desabafou a avó Janete em entrevista ao Fantástico. 

Publicidade

As chamas tomaram conta do apartamento situado no quarto andar do prédio. Com as netas inalando um grande volume de fumaça, e mal se equilibrando em pé, dona Janete jogou as crianças pela janela e posteriormente também pulou. No térreo do prédio, vizinhos já aguardavam a descida utilizando colchões e lonas para amortecer a queda. 

Publicidade

Encurraladas

Segundo relatos, o fogo foi iniciado no apartamento do primeiro andar. Rapidamente, a fumaça foi subindo, e diante disso, a família de Janete ficou sem condições de deixar o apartamento. 

Publicidade

Dona Janete estava na sala com as três netas, quando notou que a fumaça entrava pelo lado de baixo da porta. Ao tentar sair, ela tomou conhecimento que não havia possibilidade, uma vez que o volume de fumaça era imenso do lado de fora do apartamento.

Rapidamente, ela pegou toalhas, enrolou no rosto das crianças, cortou a rede de proteção de uma das janelas e jogou as netas, de 11 meses, 5 anos e 7 anos. Após salvar as crianças, ela pulou e acabou machucando a coluna, sendo necessário a internação. Apesar do susto, a avó heroína tem quadro estável e segue sendo observada pela equipe médica. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade