in

Mulher que morreu com os filhos em acidente de avião iria embarcar em outro voo e irmão lamenta: ‘Não consigo acreditar’

Além dos dois filhos da vítima, os pais dela também estavam na aeronave que caiu no mar minutos depois de decolar.

Metropóles

O trágico acidente ocorrido com o voo SJY182 da companhia aérea Sriwijaya Air ocorrido no último final de semana causou forte comoção. Depois de horas de buscas, as autoridades encontraram fuselagens da aeronave, bem como parte dos corpos das vítimas.

Publicidade

Entre as 62 vítimas fatais, estavam Ratih Windania e seus dois filhos. Instantes antes de decolar, a mulher chegou a publicar uma foto nas redes sociais se despedindo dos seus familiares, e dizendo que estava indo para casa.

Segundo informações repassadas por Irfansyay Riyanto, irmão de Ratih, além dela e dos filhos, os pais deles também estavam no voo envolvido no trágico acidente. 

Publicidade

“Fui eu que os levei ao aeroporto, ajudei com os check-ins e as bagagens … Sinto que ainda não consigo acreditar nisso e aconteceu muito rápido”, disse ele, muito abalado.

Publicidade

Troca de aeronave

Ainda de acordo com o irmão, toda a família deveria ter embarcado em um voo anterior. Contudo, por um motivo ainda desconhecido, eles trocaram de avião, viajando no voo que fatalmente se envolveu no acidente, instantes depois de decolar. 

Publicidade

O acidente 

O Boeing 737 decolou do aeroporto de Jacarta por volta das 4h36 (de Brasília), e tinha como destino a cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu. A duração da viagem era de 90 minutos. No entanto, quatro minutos após a decolagem, a aeronave perdeu o contato com a torre de comando.

Depois de tentativas de contato e buscas, as autoridades informaram que a aeronave havia caído no mar, vitimando as 62 pessoas presentes no voo. No último domingo (10), foram encontradas as duas caixas-pretas do Boeing. Os objetos serão de suma importância nas investigações para as causas do acidente serem descobertas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade