in

Policial é preso ao tentar entrar em presídio com dinheiro, cocaína e celular

O caso foi registrado em Maceió e faz parte da Operação Porta dos Fundos 2, feita em conjunto com as polícias Civil e Penal.

Foto: Divulgação/SGAP

Em Maceió, capital do Alagoas, uma operação conjunta da Polícia Civil e Polícia Penal flagrou um crime que apresenta uma das muitas irregularidades do sistema penal brasileiro: um policial penal foi flagrado tentando entrar no presídio com R$ 5 mil em dinheiro vivo, além de meio quilo de cocaína e um celular.

Publicidade

Ele estava tentando entregar a encomenda criminosa para um preso. O caso aconteceu na Penitenciária de Segurança Máxima (PSM), em Maceió. De acordo com a Secretaria de Estado responsável pela Ressocialização e Inclusão Social, o dinheiro teria sido pago por um preso para que o agente comprasse a droga e o celular. 

De acordo com o G1, as autoridades abrirão um processo administrativo disciplinar para que sejam apuradas as circunstâncias da ação. O policial deverá responder por associação ao tráfico de drogas.

Publicidade

Drogas e celulares nos presídios brasileiros 

Em matéria do portal Migalhas, do UOL, o crime organizado ingressa nas prisões com drogas sem cerimônia. As drogas psicoativas são disseminadas nos presídios por meio de extorsões com ou sem conveniência da segurança prisional.

Publicidade

Para se ter uma ideia, em 2017 foram apreendidos mais de 14 mil em presídios somente em São Paulo. Isso é o equivalente a um celular encontrado a cada 36 minutos. O número, na época, representava um aumento de 17% em relação a 2016. Dentre as formas de entrada dos celulares, estão agentes corruptos, drones que fazem entregas aérea e visitantes que levam escondidos no corpo, o que é muito comum em matérias publicadas pela imprensa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.