in

Enfermeira vence o câncer e morre três meses depois vítima da Covid-19; marido faz pedido comovente

Enfermeira voltou ao trabalho após superar quadro de câncer e acabou sendo infectada.

UOL

A pandemia do coronavírus segue assolando a vida de milhares de pessoas pelo mundo afora, devastando famílias, e impactando em histórias emocionantes e comoventes, não muitas vezes com um “final feliz”.

Publicidade

Depois de um longo tempo lutando contra um quadro de câncer, a enfermeira Valerie Careless, de 62 anos, recebeu em março do ano passado, a excelente notícia de que havia vencido a doença. Retornando à rotina profissional como enfermeira no hospital Good Hope, na cidade de Birmingham, ela acabou testando positivo para a Covid-19 e morreu três meses após superar o câncer. 

Em entrevista ao “Birmingham Live”, John Careless, marido de Valerie, detalhou o drama vivido com a esposa. Segundo o companheiro da vítima, ele começou a perceber que algo estava errado quando Valeria apresentou uma tosse seca, que logo piorou. As dores no peito passaram a ser frequentes. 

Publicidade

Isolada, a enfermeira teve o seu quadro clínico ficando ainda mais grave com o passar dos dias. No mês de maio, ela foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pois necessitava receber oxigênio, na sequência, a paciente foi entubada.

Publicidade

A perda 

Três meses depois da excelente notícia de vitória contra o câncer, Valerie não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu. 

Publicidade

Além da esposa, John ainda perdeu dois familiares para a Covid-19, e na entrevista aproveitou para fazer um apelo comovente, suplicando que as pessoas levem à sério a grave doença. 

“Eu fiz parte do exército e vi muitas coisas horríveis, mas isso me afetou mais do que qualquer coisa. As pessoas estão fazendo o que querem, é a natureza humana. Mas não há pessoas o suficiente perdendo alguém. O covid é real e afeta sua vida para sempre. Por favor, não deixe isso acontecer com você, ou com alguém que você ama”, disse o esposo de Valerie. 

De acordo com o último balanço global, o mundo já computa 1,9 milhão de mortes em decorrência da Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade