in

Grávida morre após ficar em choque com a notícia de que o pai faleceu por Covid-19; estado do bebê é divulgado

Marciele Feldman, de 40 anos, passou mal ao receber a notícia sobre a morte do pai.

G1 | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

Na última quinta-feira (7), um triste caso abalou moradores de Cuiabá, no Mato Grosso. Marciele Feldman, de 40 anos, faleceu após ficar em choque com a notícia da morte do pai em decorrência da Covid-19. De acordo com o site G1, Marciele era filha do professor Lauro Feldman, de 69 anos, que faleceu no último dia 25 de dezembro. 

Publicidade

Marciele teria se sentido mal e ficado em choque com a triste notícia, sofrendo um AVC (Acidente Vascular Cerebral) logo em seguida. A mulher de 40 anos já era mãe de um adolescente de 16, e estava à espera do segundo filho. Segundo informações de amigos próximos, Marciele estava grávida de 8 meses e foi socorrida às pressas após se sentir mal.

A mulher sofreu convulsões ao chegar na unidade hospitalar e precisou ser submetida a um parto de emergência. O bebê, que já tinha recebido o nome de Bernardo, nasceu com um quadro de insuficiência respiratória e precisou ficar internado enquanto a mãe ainda se recuperava.

Publicidade

Porém, o quadro de saúde de Marciele apresentou piora e ela reclamou de fortes dores de cabeça, precisando ser intubada pela equipe médica. Apesar de todos os esforços, a filha de Lauro Feldman veio a óbito na última quarta-feira (7), deixando dois filhos.
Bernardo teve alta hospitalar no último dia 1° de janeiro e passa bem.

Publicidade

O adolescente e o recém-nascido seguem aos cuidados da tia e da avó. A comunidade luterana da qual Marciele e Lauro faziam parte ficaram chocados com as perdas e fizeram campanhas para levantar fundos para o velório e sepultamento de pai e filha. Lauro era um querido professor que lecionou por mais de 20 anos na Escola Estadual Antonio Gröhs, em Água Boa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade