in

Auxílio Emergencial: quase 30 milhões de brasileiros ainda receberão benefício em 2021; conheça quem são

Benefício atendeu quase 68 milhões de brasileiros no último ano e foi “válvula de escape” da economia nacional.

Agência Brasil

Alento dos brasileiros em tempos de pandemia, o Auxílio Emergencial serviu para reaquecer a economia nacional. Embora o cronograma de pagamentos por meio de depósito em poupança digital tenha chegado ao fim na última semana, o início de 2021 tem sido de liberação para movimentação do montante de R$ 300 para milhares de beneficiários.

Publicidade

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, cerca de 28,9 milhões de brasileiros, que tiveram o seu benefício creditado, poderão efetuar saques e transferências até o dia 27 de janeiro, com o calendário se baseando na data de nascimento dos cadastrados. 

O depósito para os aprovados que aniversariam entre maio e dezembro já foi realizado, contudo, a partir deste mês eles poderão sacar o valor em espécie. Diferentemente de 2020, as agências da Caixa não irão trabalhar aos sábados e domingos, e os saques estarão disponíveis nas segundas, quartas e sextas. 

Publicidade

O cronograma

O calendário de liberação de saques e transferências em 2021 foi iniciado na última segunda-feira (4), quando beneficiários nascidos em março foram contemplados. Na quarta-feira (6), foi a vez dos aprovados nascidos em abril. A sequência continuará na próxima semana. Ao todo, serão mais oito datas, com a última prevista para o dia 27 de janeiro. 

Publicidade

Vai prorrogar?

Uma semana após o encerramento dos pagamentos, o Auxílio Emergencial vive uma situação de indefinição. Nos bastidores, alguns parlamentares já se movimentam para tentar aprovar uma possível extensão do benefício em 2021, dois projetos de lei já chegaram a ser protocolados.

Publicidade

Os candidatos à presidência da Câmara sinalizam positivamente neste sentido. Contudo, o presidente Jair Bolsonaro e sua cúpula econômica já deixaram bem claro que não pretendem esticar o programa.  

Publicidade
Publicidade
Publicidade