in

Covid-19: estes dois grupos não poderão receber a CoronaVac

Instituto Butantan pedirá autorização para a Anvisa, mas dois grupos não serão vacinados.

Divulgação Governo de São Paulo

O Instituto Butantan apresentou ao Brasil a eficácia da vacina contra a Covid-19 produzida pela instituição em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A CoronaVac, como sendo chamada a vacina, apresentou 78% de eficácia para casos leves e 100% para casos moderados e graves.

Publicidade

Nas redes sociais, o perfil oficial do Butantan tem respondido algumas dúvidas. Um internauta identificado como Felipe Enzo questinou. “A Coronavac vai poder ser aplicada em menores de 18 anos ou tem algumas restrições?”, questionou. O Butantan respondeu com uma informação muito importante.

Menores de 18 anos não receberão a CoronaVac. “Como menores de 18 anos e lactantes não foram testados neste estudo clínico, não se recomenda a esses grupos tomar a vacina contra a Covid-19”, informou o perfil oficial do Instituto Butantan no Twitter. De acordo com Butantan, a inclusão dessas faixas está em análise para etapa posterior.

Publicidade

Alguns menores de 18 anos postaram mensagens para o Instituto Butantan. “Avisa que tô disposto a ser teste da vacina em menores de 18 anos. Pode vir sem medo”, escreveu um. “Adolescente não é brasileiro?. Adolescentes merecem a vacina”, comentou mais um.

Publicidade

Mortes por Covid-19 chegam a 200 mil

Esta quinta-feira (7), dia em que o Instituto Butantan anunciou a eficácia da CoronaVac, também ficou marcada como o dia em que o Brasil atingiu a marca de 200 mil mortos em decorrência da Covid-19. A doença causada pelo coronavírus segue matando muita gente no país. As autoridades recomendam cuidado à população, como uso de máscaras, álcool em gel e evitar aglomerações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!