in

Morador deixa botijões abertos para ameaçar esposa e caso termina em tragédia; explosão feriu seis policiais

Caso aconteceu no interior de São Paulo na última segunda-feira (4) e provocou ferimentos em seis policiais que atendiam ao chamado.

G1

Um caso de forte explosão foi registrado em uma residência no bairro Jardim da Serra II, em Fartura, interior de São Paulo, na madrugada desta terça-feira. Seis policiais ficaram feridos, destes, três em estado grave. 

Publicidade

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, um morador deixou três botijões de gás abertos dentro da residência com o objetivo de ameaçar sua companheira por conta de crises depressivas. Esta, acionou as autoridades. A mulher não estava na residência no momento em que ocorreu a grande explosão. 

Atendendo uma outra ocorrência de tentativa de homicídio, a equipe de policiais se deslocaram até a residência e chamaram pelo morador. Contudo, ninguém atendeu. Com pouco tempo que entraram na casa, os PM´s se depararam com a explosão. O suspeito de 42 anos fugiu para o quintal e não chegou a se ferir. Logo na sequência, ele foi capturado pelas autoridades e conduzido para delegacia. 

Publicidade

Autuado

Ainda segundo a PM, o homem usou três botijões de gás e um galão de 20 litros de gasolina na ação criminosa  Um boletim de ocorrência foi registrado, e o suspeito indiciado por incêndio, tentativa de homicídio e lesão corporal. 

Publicidade

Em depoimento dado à polícia, a esposa do acusado afirmou que já havia tentado se separar dele por diversas vezes, por conta dos ciúmes excessivos e uma crise depressiva. Ainda de acordo com ela, o marido vinha apresentado um estado mental debilitado, inclusive surtando em algumas oportunidades. 

Publicidade

Dos seis policiais feridos, cinco foram conduzidos para o pronto-socorro do município de Fartura, enquanto outro deu entrada em uma unidade hospitalar de Avaré. 

Publicidade
Publicidade