in

Lisa Montgomery: única mulher no corredor da morte nos EUA será executada no dia 12

Aos 52 anos, ela foi condenada por matar uma mulher grávida e arrancar o bebê do útero da vítima.

Reprodução CNN

Lisa Montgomery cometeu um crime bárbaro nos Estados Unidos. Hoje, com 52 anos, a mulher foi presa e condenada por matar uma mulher grávida. Após o crime, ela usou uma faca para retirar o bebê do útero da falecida. O bebê sobreviveu e foi entregue ao pai biológico.

Publicidade

A mulher grávida tinha apenas 23 anos e, provavelmente, sonhava no filho que estava prestes a nascer e na vida que teria pela frente. Tudo foi interrompido por Lisa. O caso ocorrido em 2004 repercutiu em todo o mundo e Lisa foi condenada à pena de morte. Alguns estados americanos aplicam a pena capital dependendo do crime cometido.

O de Lisa foi considerado bárbaro, com toda a razão, e causou comoção nos Estados Unidos. Dezessete anos depois do ocorrido, Lisa Montgomery está prestes a ser executada, após decisão de um tribunal federal de apelações. Inicialmente, a execução aconteceria no dia 8 de dezembro.

Publicidade

Como dois advogados de Lisa contraíram a Covid-19, a execução teve que ser adiada. Na véspera de Natal, um juiz de primeira instância negou a remarcação da data. Na decisão, o magistrado considerou que o cronograma não era adequado. O tribunal de apelações derrubou esta decisão e marcou a data.

Publicidade

Lisa Montgomery será executada no dia 12 de janeiro. Ela é a única mulher no corredor da morte nos Estados Unidos. Além disso, será a primeira mulher executada no país desde 1953. Boa parte da opinião pública concorda com a execução da mulher que matou uma grávida de apenas 23 anos, com uma vida toda pela frente, para arrancar o bebê do útero da vítima.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!