in

Médicos residentes passam a noite com paciente com Covid-19, que tinha ataques de pânico

A paciente estava em estado grave e, mesmo terminando o turno, os médicos permaneceram com ela durante a noite.

CMSCh 38

Uma história comovente de empatia tem repercutido em todo o mundo. Três estudantes de medicina, que fazem residência médica no hospital CMSCh 38 da FMBA, na Rússia, decidiram se revezar para passar a noite com uma paciente com Covid-19, mesmo após o turno dos três já ter terminado.

Publicidade

A mulher internada com Covid-19 estava em estado grave, entubada e precisava usar máscara, mesmo na sala de internação. O item a deixava sufocada e, devido ao tubo de respiração, a mulher entrava em agonia e tirava a máscara para evitar que se afogasse, tendo ataques de pânico por causa disso.

Os três então decidiram ficar ao lado dela para que se sentisse segura e não tivesse mais crises de pânico. Foi a presença desses futuros profissionais da saúde que fizeram a mulher se sentir melhor.

Publicidade

Um outro médico, que viu a cena, tirou uma foto dos colegas sentados no chão com suas roupas de proteção, ao lado da cama da paciente, e compartilhou nas redes sociais, gerando bastante repercussão não só na Rússia, mas em outros países.

Publicidade

Não há informações sobre o estado de saúde dessa mulher, mas se depender da boa vontade desses residentes, que a atenderam às 2 da manhã nessa noite, ela tem tudo para ficar bem logo.

Publicidade

Vale ressaltar que, dez meses após o início da pandemia, é sabido que o coronavírus ataca as pessoas de diferentes formas e não dá para prever como alguém vai reagir ao vírus, se de forma assintomática, com sintomas leves a moderados ou se ficará em estado grave; portanto, é de suma importância que todos continuem mantendo o distanciamento social e façam uso de máscaras e álcool em gel. Uma atitude simples pode salvar vidas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades