in

Médico morre vítima da Covid-19 um mês depois de perder esposa para a doença; história causa forte comoção

Profissional da saúde foi internado na mesma época da esposa e faleceu pouco mais de um mês depois da morte da companheira.

Diário do País - Divulgação

O ginecologista e obstetra Antônio Ricélio de Oliveira, de 69 anos, foi mais uma vítima fatal da Covid-19 entre os profissionais de saúde na Paraíba. Internado após apresentar várias complicações de saúde em decorrência da infecção, o médico não resistiu e morreu neste sábado (02). 

Publicidade

Durante o período internado, o profissional de saúde sofreu uma parada cardíaca, perda da função renal e comprometimento de pulmão, e teve que ser submetido a ventilação mecânica. 

Perda familiar

Figura bastante querida em Sousa, Sertão Paraibano, o médico havia perdido sua esposa no dia 25 de dezembro de 2020, por complicações da Covid-19. Ex-prefeita do município de Vieirópolis por dois mandatos, Santa Oliveira, não resistiu à doença, e morreu aos 66 anos, deixando toda a família enlutada. 

Publicidade

O casal, inclusive, chegou a dar entrada no Hospital Universitário de João Pessoa juntos, sendo internados na mesma unidade. 

Publicidade

Em notas divulgadas, o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) e o Sindicato dos Médicos do estado lamentaram o falecimento do profissional de saúde, e prestaram solidariedade aos familiares de Ricélio e Santa Oliveira. 

Publicidade

Também no sábado (2), o médico Guilherme Augusto, foi mais uma vítima da Covid-19 no estado da Paraíba. O profissional tinha 40 anos. 

Segundo dados do CRM-PB, o estado paraibano já registrou mais de 800 infecções entre médicos desde o início da pandemia, 24 vieram a óbito. No contexto geral, a Paraíba, de acordo com dados de Secretaria Estadual de Saúde (SUS), acumula mais de 167 mil casos de infecção da Covid-19. Destes, 3.692 pacientes morreram por complicações da doença, que em solo nacional já vitimou quase 200 mil brasileiros. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade