in

Morre idoso que perdeu toda a família para a Covid-19; esposa e os três filhos também foram vítimas da doença

José dos Santos, de 80 anos, estava internado quando recebeu a notícia da morte dos familiares.

G1 | Divulgação

Uma família foi totalmente devastada pela Covid-19 em Sapucaia, no Sul do Rio de Janeiro. Pai, mãe e três filhos foram vítimas da doença em um curto intervalo de tempo. De acordo com o site G1, José dos Santos, de 80 anos, foi o último familiar a perder a luta para o coronavírus. O idoso recebeu a notícia da morte dos familiares enquanto estava internado tratando a doença.

Publicidade

José estava internado em um hospital de Leopoldina, em Minas Gerais, e faleceu na madrugada da última sexta-feira (1º). Segundo informações de outros familiares, o idoso já havia se recuperado da Covid-19, mas permanecia internado devido a outras complicações causadas pela doença. José dos Santos foi sepultado na tarde da última sexta (1°), em Sapucaia.

O primeiro familiar que faleceu em decorrência da doença foi um dos filhos de José, Luiz Cláudio Soares, de 48 anos. Luiz faleceu no início do mês de dezembro e não deixou filhos. Posteriormente, a esposa do idoso, Aparecida Soares, de 81 anos, também sucumbiu à doença. Outros dois filhos de José também foram vítimas da Covid-19, José Roberto Soares, de 56 anos, e Antonio Carlos Soares, de 52 anos, respectivamente.

Publicidade

O número de mortes em uma só família gerou comoção em toda a cidade de Sapucaia, no Rio de Janeiro. Até mesmo o prefeito da cidade se manifestou acerca da tragédia. “Lamentamos profundamente o falecimento dos membros da família Soares. Família tradicional e de raízes fundadas em nosso município, foi profundamente atingida por essa terrível Covid-19”, disse Fabrício Baião.

Publicidade

A Covid-19 vem apresentando números alarmantes nos últimos meses, e de acordo com especialistas, o mundo já está enfrentando a segunda onda da doença. Até o momento, nenhuma vacina foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no Brasil. Alguns países já divulgaram o calendário de vacinação e já começaram a imunização da população em caráter emergencial.

Publicidade

Publicidade