in

Vereador suspeito de envolvimento com assalto toma posse através de videoconferência em presídio na PB

Fábio Júnior está cumprindo prisão temporária após ser suspeito de ajudar em assalto

G1

Eleito no último pleito municipal como vereador em Marizópolis, na Paraíba, Fábio Júnior Alves de Andrade (PP) teve a sua posse no cargo realizada através de um videoconferência, nesta sexta-feira (01º). Popularmente conhecido como Fábio de Nego Chico, está preso desde o dia 18 de dezembro, e participou da cerimônia na Colônia Penal Agrícola de Souza. 

Publicidade

Em uma sala do presídio com acesso à internet, onde rotineiramente são realizadas audiências, Fábio Júnior foi empossado. Durante todo a cerimônia, o vereador de 37 anos esteve acompanhado de policiais penais da unidade penitenciária e de seu advogado. 

Publicidade

Eleito com 194 votos no município do Sertão da Paraíba, Fábio Júnior está cumprindo prisão temporária de 30 dias. O vereador é suspeito de participar de um assalto que ocorreu em Souza. Na oportunidade, três homens se passaram por policiais e praticaram uma ação criminosa contra um empresário, levando dinheiro e cheque. 

Publicidade

Publicidade

De acordo com o delegado Glauber Fontes, Fábio Júnior supostamente teria ajudado os meliantes no ato de fuga do trio. Em contato com o portal G1, o advogado de vereador, Abdon Lopes, afirmou que não tem evidência de que Fábio Júnior tenha participado do crime. 

O que diz o TRE?

Segundo informações da assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, quem fica sob responsabilidade pelas cerimônias de posse é a Câmara Municipal. 

Conforme a assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), as regras para posses são de responsabilidade das câmaras municipais. O G1 não teve acesso ao regimento interno da casa legislativa.

O município de Marizópolis elegeu nove candidatos ao cargo de vereador, Fábio Júnior foi o oitavo mais bem votado, com 3,85% dos votos válidos. Outros três candidatos do PP também foram eleitos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade