in

Casal passa meses isolado, mas morre de Covid-19 após sair para cortar o cabelo

O filho do casal deu entrevista sobre o assunto e lamentou o falecimento dos pais.

CNN

A Covid-19, doença altamente contagiosa, tem provocado a morte de milhões de pessoas no mundo inteiro desde que a pandemia começou, na China, mais especificamente na cidade de Wuhan, em dezembro do ano passado.

Publicidade

Desde então, todos os dias milhares de pessoas em vários países do mundo têm perdido a vida para o coronavírus, que pode ser transmitido através do ar.

Entre as vítimas fatais mais recentes do coronavírus estão um casal norte-americano. Eles haviam passado vários meses em situação de isolamento para não serem acometidos pela Covid-19, mas infelizmente acabou ocorrendo o pior

Publicidade

Mike e Carol Bruno, que tinha 79 anos, estavam casados há quase 60. Eles passaram meses evitando aglomerações, inclusive as reuniões familiares, para não serem contaminados e procuravam sempre falar com os parentes por videochamadas.

Publicidade

Infelizmente, durante um curto encontro com familiares para cortar o cabelo, Carol e Mike, que moravam na cidade de Chicago, no estado de Illinois, foram contaminados. Após complicações da doença, os norte-americanos precisaram ser internados, mas não conseguiram resistir, falecendo com 10 dias de diferença.

Publicidade

Carol e Mike estão entre as mais de 338 mil pessoas que morreram de coronavírus nos Estados Unidos, onde a vacina contra Covid-19 já começou a ser distribuída para a imunização da população.
Joseph Bruno, filho do casal, agora lamenta a morte dos pais: “Quando pensamos que estávamos cumprindo tudo à risca, pegamos mesmo assim“, disse.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.