in

Tragédia: PM morre ao tentar salvar 4 crianças do afogamento e caso gera grande comoção

Caso aconteceu na tarde da última terça-feira (29), no litoral de São Paulo; PM estava de folga.

G1

Um policial militar morreu na tentativa de salvar quatro crianças que se afogavam em Itanhaém, no litoral paulista. O homem tinha 31 anos. As informações foram confirmadas pelo G1 nesta quarta-feira (30). De acordo com o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), o policial identificado como Diogo Gomes de Melo integrava um efetivo que realizava uma operação na Baixada Santista.

Publicidade

Diogo fazia parte da 1ª Companhia do 13° BPM/M, que fica situada em São Paulo. Já no final da tarde da última terça-feira (29), o PM estava em seu horário de folga, usando trajes civis e desarmado. Ele estava com familiares na Praia do Suarão. 

O Grupamento de Bombeiros marítimo informou que a esposa de Diogo relatou que o marido entrou no mar para salvar quatro crianças que se afogavam – o filho dela de 10 anos, além de sobrinhos, de 12 anos. O Policial Militar conseguiu alcançar duas, contudo, foi arrastado pela forte correnteza. As quatro crianças foram retiradas do mar por banhistas que estavam próximos e passam bem.

Publicidade

Buscas

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para tentar salvar o policial militar. Após algumas varreduras, um corpo foi encontrado, sendo constatado que se tratava de Diogo. O policial ainda foi conduzido por uma equipe do Samu até a UPA de Itanhaém, mas já não apresentava sinais vitais, e a morte foi confirmada.  

Publicidade

A operação para resgate do policial contou com cinco viatura e mais de 10 oficiais. Após uma hora de procura, o corpo dele foi encontrado no mar. Em nota, a Polícia Militar lamentou o ocorrido e prestou solidariedade aos familiares de Diogo Gomes Mello. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade