in

Assassino de juíza recebe dura punição da Justiça após crime contra a ex-esposa

As filhas do casal presenciaram todo o triste episódio que ocorreu com a mãe.

UOL

Na semana passada, um crime bárbaro acabou chocando a população brasileira. Um engenheiro acabou tirando a vida de sua ex-esposa na frente das filhas após desferir várias facadas contra a mulher, que era juíza no Rio de Janeiro.

Publicidade

O caso aconteceu na casa de Paulo José Arronenzi, localizada na Barra da Tijuca, quando as crianças, de idade entre 7 e 9 anos, foram passar o Natal com o pai. Viviane Vieira do Amaral Arronenzi tinha 45 anos e, de acordo com o laudo realizado pelo Instituto Médico Legal (IML), o corpo da magistrada tinha perfurações no pescoço, rosto e barriga.

Viviane sofreu 16 golpes de faca e faleceu ainda no local. Apesar de as crianças terem gritado pedindo para que o pai parasse de esfaquear a juíza, ele continuou desferindo vários golpes, causando sua morte em poucos instantes.

Publicidade

Nesta semana, uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro deu início ao duro castigo de Paulo José. R$ 640 mil da conta bancária do engenheiro foram bloqueados, segundo as autoridades, para impedir que ele envie dinheiro para outras contas ou de parentes.

Publicidade

Agora, Paulo, que tem dupla cidadania (italiano e brasileiro), não poderá ter acesso ao dinheiro que possui no banco. Nem ele, nem seus familiares poderão movimentar os fundos, que devem permanecer bloqueados até segunda ordem.

Publicidade

A interdição dos fundos de Paulo também tem como objetivo garantir uma futura indenização às filhas do casal, com idades entre 7 e 9 anos e, no momento, estão sob os cuidados da mãe de Viviane, por tempo ainda não determinado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.