in

Mãe e três filhos morrem vítimas da Covid-19; pai está internado e história causa comoção: ‘Dor imensurável’

Coronavírus já vitimou mais de 190 mil pessoas no Brasil desde o início da pandemia.

G1

A pandemia do coronavírus segue assolando a população e provocando um cenário devastador em algumas famílias. Em Sapucaia, no Sul do Rio Janeiro, quatro pessoas da mesma família morreram neste mês de dezembro em decorrência da Covid-19. A mãe e três filhos foram vítimas. O pai e patriarca da família está internado em um hospital público em Leopoldina (MG) também com a doença.

Publicidade

A primeira perda na família foi de Luiz Cláudio Soares, de 48 anos. Ele veio à óbito no dia 3 de dezembro. No intervalo de 10 dias, a mãe dele, Aparecida Soares, de 81 anos, morreu após contrair o coronavírus. 

O Natal da família seguiu ainda mais carregado. Na véspera natalina, José Roberto Soares, de 56 anos, conhecido popularmente como Beto, acabou não resistindo. Ele deixou a esposa e uma filha. 

Publicidade

Na manhã da última sexta-feira (25), Antonio Carlos Soares, cujo apelido era Calito, também não resistiu. O integrante da família tinha 52 anos e deixou uma esposa e uma filha. 

Publicidade

Homenagem e comoção

Em publicação feita nas suas redes sociais, Fabrício Baião, prefeito de Sapucaia, lamentou as mortes ocorridas na família tradicional. O gesto do município ainda fez questão de pedir orações pelo patriarca da família, José Soares, que segue internado. O paciente tem 80 anos, e integra o grupo de risco da doença. 

Publicidade

“Pedimos a oração da comunidade em prol do patriarca, Sr. José, que segue internado em Leopoldina. Nós enlutamos e nos solidarizamos com seus familiares neste momento de dor imensurável”, disse o prefeito Fabrício Baião.

Números

De acordo com o último boletim divulgado, Sapucaia já acumula mais de 1 mil casos de infecções por coronavírus, tendo computado 39 mortes e 915 pacientes recuperados. Em escala nacional, o Rio de Janeiro é o sexto estado mais afetado pela pandemia, com quase 420 mil infectados e 24.900 mortes em decorrência da Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade