in

6 sintomas de infecção urinária que jamais devem ser ignorados; doença levou Palmirinha Onofre a ser internada

A famosa já foi hospitalizada por três vezes durante o ano de 2020 e voltou novamente por causa de uma infecção urinária.

UOL/Montagem

O Brasil novamente se une em oração pela vida de Palmirinha Onofre. Aos 89 anos, a famosa novamente precisou ser internada às pressas neste último domingo, 20 de dezembro. Essa já é a terceira vez que a apresentadora precisa ser hospitalizada neste ano de 2020. Recentemente, ela precisou ficar por alguns dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) devido a queda de sódio no organismo.

Publicidade

Agora, Palmirinha Onofre está com uma infecção urinária. Felizmente, o quadro clínico da famosa é considerado estável, porém ainda não tem uma previsão de alta. “O Hospital Alemão Oswaldo Cruz informa que a paciente Palmira Nery Silva Onofre, a Palmirinha, encontra-se internada na Instituição desde o final da tarde de ontem, 20 de dezembro, para tratamento de quadro de infecção urinária. A paciente encontra-se estável clinicamente, sem previsão de alta“, dizia a nota emitida pela unidade.

A infecção urinária é um problema que costuma acometer as mulheres com maior frequência. A doença é provocada por bactérias que normalmente habitam no trato intestinal. Porém, deve ser levado a sério o tratamento, pois em casos mais graves o paciente pode ter problemas.

Publicidade

Infecção urinária é qualquer tipo de infecção provocada por micro-organismos que acometem o trato urinário. Dependendo do tipo de estrutura que é afetada, a infecção vai ter nomes diferentes como uretrite (uretra), pielonefrite (rins) e cistite (bexiga). Apesar de poder ser causada por vários micro-organismos, geralmente o mais comum é a bactéria Escherichia coli, que é comum no intestino, mas é considerada patogênica para o aparelho urinário.

Publicidade

Mulheres, homens e crianças podem ter infecção urinária, porém é prevalente em mulheres devido a questão anatômica. A uretra feminina é mais curta em relação a masculina.

Publicidade

Portadores de diabetes descontrolada tem maior risco de ter a doença. Já nos homens com mais de 50 anos o crescimento da próstata pode provocar o problema. Também é mais comum quando a mulher está fazendo menopausa, pois o estrógeno que protege o trato urinário diminuem muito.

  • Necessidade incontrolável de urinar com frequência;
  • Escassa eliminação de urina em cada micção;
  • Sensação de ardor ao urinar;
  • Dor na região da bexiga, costas e baixo ventre;
  • Febre;
  • Sangue na urina em casos que a situação é grave. 

Ao apresentar alguns desses sintomas procure a ajuda de um profissional da área da saúde. Somente o médico pode diagnosticar e tratar corretamente a doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.