in

Homem com suspeita de Covid-19 morre durante voo e passageiros entram em pânico

Aeronave teve que realizar um pouso de emergência após passageiro passar mal e morrer durante viagem.

Metrópoles

Desespero e tensão. Esses foram os sentimentos vividos por dezenas de passageiros de um voo da United Airlines no início desta semana, após um homem morrer dentro do avião. Segundo a mulher da vítima, o companheiro apresentava sintomas da Covid-19. 

Publicidade

O caso ocorreu na última segunda-feira (14) com uma aeronave que partiu de Orlando com destino a Los Angeles. Diante do ocorrido, o piloto teve que fazer um pouso de emergência após tomar conhecimento do problema a bordo. Em conversa com os paramédicos, a companheira da vítima disse que ele tinha um exame marcado para diagnosticar se estava ou não com o coronavirus no organismo. 

De acordo com relato de outros passageiros que estavam a bordo, o homem estava tremendo, suando e com dificuldades de respirar antes mesmo da decolagem. Socorrido após o pouso de emergência, o homem acabou não resistindo, e teve a morte confirmada quando chegou na unidade hospitalar.

Publicidade

Companhia se posiciona

Em nota, a United Airlines afirmou que o homem e a família mentiram sobre o seu estado de saúde no preenchimento do formulário para viajar. Logo após o ocorrido, diversos passageiros questionaram os protocolos da companhia. 

Publicidade

Viajando no avião, Jo LaFlame utilizou suas redes sociais para expor o caso de morte.

Publicidade

“Como você sabe que é covid? Porque a mulher confirmou enquanto falava com os paramédicos”, escreveu ela no Twitter. Em outra post feito, ela criticou o voo ter sido retomado na mesma aeronave com todos expostos aos vírus.

Outro passageiro, identificado como Robert Reves, disse que em um primeiro instante todos tinham a impressão que a vítima tinha morrido de uma parada cardiorrespiratória. Contudo, logo depois a esposa do homem relatou que ele apresentava dificuldades para respirar e não sentia gosto e cheiros, sintomas estes da Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade