in

Tragédia: hospital sofre incêndio e nove pacientes da ala com Covid-19 morrem; cenário é desolador

Explosão no tubo de oxigênio foi o estopim para início das chamas; diversos pacientes foram removidos.

Gazeta do Povo

Um incêndio ocorrido neste sábado (19) em um hospital de Gaziantep, no sudoeste da Turquia culminou na morte de nove pessoas. O fogo atingiu a ala onde se encontrava pacientes internados em tratamento contra a Covid-19. As informações foram confirmadas pelo ministro da Saúde do país, Fahrettin Koca.

Publicidade

O trágico incidente ocorreu na unidade de terapia intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 do hospital. Segundo informações preliminares, a explosão de um tubo de oxigênio de um respirador artificial provocou as chamas.

Diante do ocorrido, o cenário de pânico e desespero tomou conta da unidade hospitalar. Diversos pacientes afetados pelo incêndio foram prontamente encaminhados para outros hospitais da região. 

Publicidade

“Estamos profundamente tristes por este trágico acontecimento”, disse Fahrettin Koca, que prometeu visitar o local do incidente nas próximas horas. 

Publicidade

Segundo a agência de notícias Anadolu, a unidade hospitalar identificou as vítimas com idades entre 56 e 85 anos. O foco do incêndio foi rapidamente controlado. 

Publicidade

Pandemia em alta

Tendo registrado mais de 1,9 milhão de casos e 17.600 mortes em decorrência da Covid-19, a Turquia convive com um aumento significativo de infecções nas últimas semanas. A unidade de terapia intensiva tem uma taxa de ocupação de leitos de 74%, segundo o governo. De acordo com as associações médicas, as unidades hospitalares estão lotadas. 

Diante do cenário de explosão de novos casos, o governo da Turquia reforçou as medidas de restrição para evitar a disseminação do vírus, introduzindo o toque de recolher. Nas últimas 24h, o país europeu registrou mais de 26 mil novos casos e 246 mortes – índice este que representa um recorde diário.

Publicidade