in

Prefeito eleito no interior de SP morre um dia após ser diplomado e moradores ficam desolados: ‘O sentimento é o pior possível’

Ronaldo Cardoso perdeu controle do veículo, invadiu a pista contrária e colidiu contra um caminhão antes de cair de um barranco.

G1

Um trágico acidente ceifou a vida do prefeito Ronaldo Cardoso (DEM), eleito nas eleições municipais de Tapiraí em SP. O caso aconteceu na última quinta-feira (17), na BR-262, em Moema. Vencedor do pleito eleitoral de novembro com 58,47% dos votos válidos, Ronaldo havia sido diplomado para o próximo pleito um dia antes do acidente.

Publicidade

Atual prefeito do município do interior paulista, Leonardo José de Oliveira (MDB) decretou luto de três dias e lamentou o trágico acidente. 

O corpo de Ronaldo Cardoso chegou em Tapiraí no início da tarde desta sexta-feira (18). O velório é aberto à população e está ocorrendo na quadra poliesportiva do município. 

Publicidade

Abalado, o vice-prefeito eleito na chapa de Ronaldo, Vanderlei Cassiano de Resende (Avante), lamentou a perda do amigo.

Publicidade

“O sentimento é o pior possível, trabalhei com ele na campanha durante uns seis meses, praticamente andávamos juntos todos os dias. O Ronaldo era uma pessoa muito humilde, é a mesma coisa de ter perdido um irmão meu de coração”, lamentou Vanderlei.

Publicidade

A Prefeitura Municipal de Tapiraí decretou luto de três dias e nas janelas do prédio foram estendidas faixas pretas. 

O acidente

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Ronaldo estava seguindo Bom Despacho a Luz, quando na altura do Km 497, já no perímetro de Moema, acabou perdendo o controle do veículo e atingiu uma proteção metálica da pista e foi para a pista contrária, batendo de frente com um caminhão.

Diante do forte impacto, o veículo do prefeito eleito rodou na pista e despencou de um barranco de 4 metros de altura.  Ronaldo Cardoso morreu ainda no local. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade